sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Crise em Portugal:Tema Para Discussão

Sobre a actual CRISE nem vou dizer muito, porque a comunicação social já tem dito tudo.
Porém ouve-se em cada rua o descontentamento generalizado sobretudo da classe baixa e da classe média. O governo diz que as medidas são para proteger os mais desfavorecidos? Chamam injectar dinheiro no BPN proteger os mais pobres?! E descer os valores dos abonos da maneira que o estão a fazer é gritante. Pergunto-me quem terá direito ao 1.º escalão, e porque quem o tem viu o seu valor descer tanto? Depois venham queixar-se da taxa de natalidade.
É com cortes destes que o país vencerá a crise? Acho que só nos estão a afundar ainda mais.
Portugal só tem 2 saídas: ou volta a haver uma grande vaga de emigração como no século passado, ou a voz do povo tem de se manifestar e tentar destituir quem está a ditar tais medidas.
Já ouvi de tudo, desde colocarem os nossos políticos a trabalhar no Alentejo auferindo salários minimos (o que eu acho que não seria nada parecido com a pobreza de muitos portugueses), ou o povo aliar-se por um Golpe de Estado.

Por favor, deêm as vossas opiniões. Não podemos ficar parados! Se nos querem destruir, lembrem-se que nós somos mais, e temos de mudar a nossa conjuntura para melhor.
Nós estamos a levar uma bofetada e a dar a outra face para que nos deêm outra? Onde já vimos isto? Somos uma nação católica sim, mas não somos mazoquistas.

Que tal uma Manifestação? Para começar...

Isto é que vai uma crise!

6 comentários:

Anónimo disse...

Para mim o mais acertado, seria uma greve geral, de maneira a que este governo caísse e jamais se levantasse.

lady_blogger disse...

Caro anónimo, a sugestão de uma greve não é descabida.
Se fossem os camionistas a fazerem greve, o país parava como parou tempos atrás por causa deles.
Não hevendo reposição de produtos nas lojas, nem reabastecimento de combustíveis... os políticos teriam de repensar as suas politiquices.
E já que falo de combustíveis... porque é que quando o preço do petróleo sobe nós pagamos o combustível mais caro, mas agora que ele tem descido as nossas gasolineiras não baixam os preços?

Até quando esta exploração desmesorada dos mais pobres ou menos abonados (como preferirem denominar...)?

Ninguém vai fazer nada contra isto?
Depois não se queixem!

valençaquerdiferente disse...

E que tal orientar as necessidades pessoais para fora do umbiguinho e da carreirinha, e agir activamente de todas as formas, desde a greve geral de 24 de Novembro a um cartão vermelho aos papa-reformas dos cavacos alegres até uma votação massiva nas intercalares em quem apresentar um plano de recuperação da economia do país, assente no mar (o soares/cavaco são os pais do abate da frota pesqueira e mercante a troco de subsídios) na indústria NACIONAL complementar dos outros sectores a reactivar, como a a agricultura (soberania alimentar - foram os mesmos que pagaram para abater oliveiras e plantar eucaliptos))e a floresta ou a agropecuária? Já é muito não é? Pois é! E só nós, os trabalhadores podemos exigir isso, assim como só nós podemos livrar Portugal das sansegussas dos FMI´s e das agencias de rating e das imposições do eixo franco-alemão. Sacrifícios? Ok! Mas com contrpartidas favoráveis aos trabalhadores, aos reformados e idosos e espectativas de VIDA para os jovens. Está na mão de cada um e na totalidade de nós! Afinal quem é a maioria?

valençaquerdiferente disse...

Peço desculpa, enganei-me duas vezes ortográficamente. Onde se lê "sansegussas" deve ler-se, claro, sanguessugas e onde se lê "espectativas" deve ler-se expectativas. Não é por vaidade ou preciosismo, quem quer entender entende. É que há por aí uns iluminados papagaios do regime que, à falta de melhor argumento, censuram a iliteracia dos trabalhadores.

Guakjas disse...

Isto de facto chegou a um ponto em que se tornou insustentável!
Vamos então tecer aqui uma critica fundamentada, na medida do possível, sobre esta crise económica.
Portugal nunca soube aproveitar a "mão" que a Europa deu. Muito dinheiro veio para cá e foi aproveitado para quê? Para encher os bolsos de meia-dúzia!
Depois, como se não bastante, tivemos as ditas agências de rating a baixar a nossa cotação todos os dias só porque isso interessava, claro. Faz com que os nossos juros de divida subam e que ao invés de sairmos da crise e tentar remediar a coisa, ficamos ainda mais afundados! E isto tudo porque interessa a alguns! E cá estamos nós numa infinita bola de neve...E o que eu digo é verdade e não nenhuma conspiração. As provas estão aqui: http://video.google.pt/videoplay?docid=-2996112039116116532#
Agora isto é uma desculpa para estarmos na situação em que estamos? Não. A culpa reside na incompetência dos portugueses! E contra mim falo! Apatia, tédio e a falta de vontade reside! Acontece algo e deixamos passar. "Pronto é a vida" Os ordenados baixam, os preços aumentam e tudo bem. Continuamos a ir ao centro comercial e ao futebol ao fim-de-semana ;)
Deixo aqui mais dois vídeos que valem a pena ver. http://delivrevontade.weblog.com.pt/arquivo/2010/10/haja_lucidez.html
E este aqui http://bit.ly/d2bb2s (para compararem com isto aqui http://bit.ly/aeGhqY)

Cumprimentos

João Bragança

lady_blogger disse...

Caro João, sendo tu ainda um jovem, é interessante o teu ponto de vista. Parece que tens mais discernimento que os nossos governantes.

Volta sempre!